Folha, 12/10/2003: São Paulo só atende demanda por água até 2010

a crise da SABESP não aparece simplesmente por a mídia preferir mostrar o quanto a petrobrás está sempre às portas da falência – apesar de seguidos recordes de produção

bloglimpinhoecheiroso

Agua_FolhaSP01A

Aos que acham que é culpa de São Pedro. E tem mais: a “mídia isenta” se esqueceu disso?

Mariana Viveiros e Simone Iwasso, via Folha de S.Paulo

A crise de água que a Grande São Paulo vive hoje não é a primeira nem será a última. Por causa de limites naturais na disponibilidade hídrica, da poluição de rios e represas, da ocupação desordenada de mananciais, do descaso no uso e da falta de políticas eficientes para reeducar o consumo e reduzir perdas, a região só tem água garantida até 2010.

Se o quadro atual não mudar, a partir daí, para acompanhar o aumento da demanda, será preciso ir longe, gastar muito, enfrentar disputas com outros estados e causar impactos ambientais.

Com obras e mudanças no processo de produção, até 2006 os mananciais poderão aumentar seu potencial de geração de água em 8.700 l/s, passando de 65 mil para 73,7 mil…

View original post 626 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s