IMPEACHMENT: PARA ONDE VAI O GOVERNO BRASILEIRO?

Alejandro Acosta

1IMpeachment

Eduardo Cunha, o ultra reacionário presidente da Câmara dos Deputados, aceitou na quarta-feira, 2 de dezembro, a abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

O processo tinha ficado no limbo durante semana e foi detonado após os três deputados do PT (Partido dos Trabalhadores) terem votado pela continuidade do processo de cassação de Eduardo Cunha no Conselho de Ética da Câmara, quem é acusado de ter omitido contas bancarias que possui na Suíça. Nesta semana, Cunha foi acusado de ter recebido dinheiro do Banco BTG, do agora preso pela Operação LavaJato André Esteves, para modificar projetos de lei.

Para o processo contra Dilma prosperar, serão necessários 342 votos favoráveis, do total de 513, na Câmara dos deputados, o que implicaria na implosão da base eleitoral do governo. Mesmo aprovado, durante as semanas seguintes, o Congresso ficaria paralisado em sessões onde a presidente Dilma deveria se defender, antes…

View original post 954 more words

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s